Sem categoria

Confira 4 parcerias que ajudam a vender mais!

01 de agosto de 2017

por Beblue

0

Neste texto, vamos ajudar você a pensar em parcerias e, assim, elaborar estratégias de como vender mais, oferecendo vantagens adicionais para os seus clientes.

Principalmente se você não administra uma empresa de grande porte, parcerias são uma ótima alternativa para entregar mais benefícios para o consumidor. Além disso, elas contribuem para divulgar seu negócio para a rede de relacionamento de seus parceiros.

Mas não vamos nos limitar a sugerir possibilidades de parceria, pois muitas tentativas de usar esse recurso acabam frustradas por não serem executadas da forma certa. Por isso, vamos dividir contigo informações sobre como fazer funcionar de verdade.

Identificando como vender mais com parcerias

A primeira questão que precisamos ter em mente é que parcerias funcionam quando são boas para ambos os lados. Sabemos que parece uma frase clichê, e ela realmente é muito repetida, mas raramente é levada a sério.

No momento de negociar, existe sempre a tendência de procurar se proteger e fechar um negócio favorável. Para isso, é fundamental pensar nas regras que são importantes para o seu negócio. Logo depois, é necessário que se pergunte o que seu parceiro vai ganhar com isso ao ponto de se sentir verdadeiramente motivado a se dedicar.

E, quando for procurar seus parceiros, a primeira característica que precisa identificar é se ele assumiu a mesma postura em relação ao seu negócio. Em outras palavras, se ele sabe o que quer da parceria e o que está disposto a oferecer.

Além das regras da parceria, preocupe-se em relacionar as competências que faltam a você e as deficiências de estrutura que precisa suprir no seu negócio. Por exemplo, talvez você esteja em uma região difícil de estacionar e não tenha espaço para oferecer vagas para seus clientes.

Nesse caso, você já identificou que uma parceria com um estacionamento pode melhorar o atendimento que presta a seus consumidores? Talvez também tenha necessidades que te ajudem a implantar estratégias de marketing e outras ações.

Unindo propósitos

Não basta encontrar empresas que ajudem a oferecer algo mais para seus clientes, saibam o que esperam e, ao mesmo tempo, estejam prontas para contribuir. Se procura alianças fortes e duradouras, você precisa pensar em unir propósitos e não apenas características.

Isso no sentido de uma motivação para realizar algo, que é “aquilo” que nos faz acordar todos os dias com mais disposição. Propósito é a essência da missão do nosso negócio. Pode ser: fazer as pessoas mais alegres vendendo entretenimento, mais instruídas servindo educação, ou mais satisfeitas se seu negócio for um restaurante.

Desse propósito e da cultura de cada um, nascem valores que são importantes para nós, como ser comprometido com prazos, ser flexível ou se dedicar com afinco para acumular competência. Quanto mais afinidade houver entre você e seu parceiro, maiores as chances de estabelecer uma aliança duradoura.

Eventualmente, você pode encontrar até empresas interessadas em benchmarking cooperativo; quando os objetivos se encontram, não existem limites para parcerias.

Relacionando parcerias

Finalmente, chegamos ao momento de relacionar parcerias prováveis para o seu negócio. Esperamos que a leitura tenha fluído agradável. Sem demora, vamos para as sugestões!

1. Parceria com grandes empresas e associações

Comece com duas perguntas: quais empresas são frequentadas pelos meus clientes em potencial? A quais instituições eles costumam se associar? Pronto! Agora, você sabe quem pode se interessar para se tornar parceiro, beneficiando-se de vantagens especiais.

Nesse caso, você quer ajuda para divulgar a parceria e um contato mais próximo com potencias clientes. Em troca, precisa estar disposto a oferecer vantagens como descontos e opções de pagamento diferenciadas.

Muitas dessas organizações já possuem sistemas de convênios e regras definidas; basta procurar a pessoa responsável e seguir os procedimentos.

2. Parceria com fornecedores

Uma parceria com fornecedores é extremamente importante para a competitividade, pois pode lhe dar vantagem em relação à concorrência ou, no mínimo, evitar que fique em desvantagem. Já pensou se o seu concorrente consegue parcerias melhores?

A parceria com fornecedores permite negociar descontos para fazer promoções, organizar degustações, oferecer treinamento sobre produtos para sua equipe, ofertar descontos em produtos específicos e até em mercadorias com características exclusivas.

Um grande ponto a favor desse tipo de parceria é que você sabe exatamente o que seu fornecedor deseja: vender mais. Sem dúvida um desejo comum, não é mesmo?

3. Parceria com profissionais

Normalmente, existem profissionais diretamente ligados à sua atividade, por exemplo: chefes de cozinha em relação a restaurantes; médicos para farmácias; consultora de moda para lojas de roupas; e assim por diante.

Esses profissionais gozam de respeito e credibilidade, têm uma boa rede de relacionamentos e, muitas vezes, necessidade de um espaço para reuniões e eventos. Além disso, se interessam pelos clientes do seu estabelecimento e por alternativas que possam gerar receita.

4. Parceria de estrutura compartilhada

A possibilidade de convênio com estacionamento foi mencionada logo na introdução, lembra? Pois bem, esse é um tipo de parceria de estrutura, mas podem existir outras. Tudo depende do que você gostaria de oferecer a mais para o seu cliente, que seria atrativo para ele e de quem pode compartilhar isso contigo.

Esse tipo de iniciativa é cada vez mais comum; algumas empresas nasceram aproveitando o conceito de compartilhamento e dividem de escritórios a veículos. Da mesma maneira, empresas de software integram seus sistemas e se unem a parceiros para desenvolver e implantar suas soluções, fidelizando clientes.

Avaliando a parceria

Agora que definimos algumas possibilidades de parceria para o seu negócio, depois de pontuar alguns procedimentos essenciais para que a iniciativa dê certo, chegou a hora de lembrar que, como administrador do seu estabelecimento, você precisa acompanhar os resultados de cada ação do planejamento estratégico — não seria diferente no caso das alianças.

Além de estruturar mecanismos e indicadores que ajudem você a medir o resultado de cada parceria, o ideal é avaliar o impacto que a aliança está causando junto a seu cliente. Muitas vezes, o resultado pode lhe trazer mais negócios, mas, se ocorrer influência negativa na satisfação do seu cliente, então significa que algo está errado e precisa melhorar.

Por fim, se as suas parcerias estão agregando valor para seu cliente e ajudando a sua empresa a vender mais, então celebre! Una seus parceiros, evidencie os resultados e comemore com eles.

Esse tipo de ação é muito importante para aproximar relacionamentos. Se puderem envolver o cliente nela, inclusive com descontos e outros incentivos, pode até ser pretexto para uma campanha comercial.

Agora que concluímos, que tal fazer um primeiro contato de parceria? Depois de falar sobre o tema, ficou irresistível lhe fazer um convite. Oferecemos a possibilidade de uma aliança lucrativa, garantindo benefícios para seus clientes e ampliando a sua rede. Saiba mais e faça contato!

Compartilhe

Deixe seu comentário e conte o que achou desse artigo ;)

Quero comentar
Deixe seu comentário