preços

Gestão

Estratégia de preços: você sabe definir a sua?

10 de agosto de 2017

por Beblue

0

Quais são os fatores que devem ser levados em conta para calcular preço de venda dos seus produtos? Qual é seu lucro sobre a venda de cada item? Como definir se o preço está acima ou abaixo do mercado? Todas essas dúvidas são bem comuns para as pessoas responsáveis por definir as estratégia de preço em uma loja.

Fazer a precificação de produtos pode ser um pesadelo para qualquer lojista. Imagine a seguinte situação: você definiu o preço do seu produto, daí chega um cliente e diz que viu o mesmo item em outra loja por um preço muito abaixo do que o seu. Qual a sua justificativa?

 

Definir a estratégia de preços vai além de cobrir os custos e obter lucro.

Ela é fundamental para qualquer negócio como ferramenta de atração de clientes. Continue a leitura desse post e conheça algumas dicas para evitar prejuízos e melhorar a sua estratégia de preços.

 

Como Saber se Estou no caminho certo na precificação dos produtos?

Existem alguns métodos para definir os preços dos produtos. Após saber tudo que é importante com relação aos custos, o próximo passo é avaliar a forma de precificar.

Fazer a precificação de produtos pode ser um grande desafio para qualquer empreendedor, mas é ainda mais difícil para os lojistas. Existem inúmeras variáveis que devem ser levadas em conta ao fazer a precificação dos seus produtos.

 

Conheça e estude o seu público-alvo

É fundamental que você estude o seu mercado. As informações desse estudo serão fundamentais para formular os preços dos produtos. Faça pesquisas para conhecer as necessidades reais dos seus consumidores, como preferências e hábitos de consumo, e colete dados demográficos básicos como localização, renda, profissão, sexo e idade.

Se você possuir um e-commerce, as informações podem ser obtidas com a E-bit, que monitora a evolução do varejo online.

Conhecendo bem o seu público, você poderá oferecer um diferencial para cada cliente, como formas de pagamento facilitadas, brindes e promoções para fidelização e encantamento do cliente.

Não se esqueça de cobrir os seus custos

Você certamente quer conquistar mais clientes, mas em muitas das vezes pensa em abaixar drasticamente o preço dos produtos e acaba prejudicando o seu próprio negócio. Nunca esqueça de verificar sua margem de lucro e tome cuidado com relação à cobertura de todos os custos e todas as despesas que envolvem a produção do seu produto.

Buscar uma alta lucratividade ou um lucro excessivo temporário são outros erros que você pode estar cometendo. Aumentar demais o preço de um produto pode gerar uma diminuição da procura pelo produto e o desapontamento do cliente, caso ele não agregue valor ou diferencial. Cuidado para não dar mole para a concorrência!

 

Atenção ao escolher o software de precificação

Trabalhar com preços dinâmicos e com segurança para não perder dados importantes, evitando o retrabalho, é uma das principais vantagens em se investir na tecnologia para a gestão e precificação no varejo.

Além de facilitarem a atualização dos preços, os softwares de gestão podem funcionar para a organização de estoque e ainda realizar vendas no caixa em tempo real. Utilizar ferramentas de gestão geram eficiência e economia para a loja.

Pesquise as opções disponíveis no mercado para encontrar as ferramentas que mais se adequam às necessidades do negócio.

Compartilhe

Deixe seu comentário e conte o que achou desse artigo ;)

Quero comentar
Deixe seu comentário