Como o cashback pode ajudar a sua empresa a vender mais?
CRM,  Gestão,  Vendas

Insights Beblue – Como usar informações de gênero para vender mais.

 Se você já assistiu o filme Piratas do Vale do Silício (Pirates of Silicon Valley) com certeza deve lembrar da  famosa frase do Steve Jobs: “Informação é Poder”.

Ela e todo o mecanismo das poderosas ferramentas como Facebook e Google reafirmam a importância dos dados para estratégias de mercado assertivas. 

Entretanto, de nada servem os dados se você não souber interpretá-los e é por isso que criamos este artigo: para jogar luz sobre as informações disponíveis no Portal do Estabelecimento Beblue e dar algumas sugestões de interpretação para transformá-las em estratégias poderosas para seu negócio.  

Hoje focaremos nas informações de gênero baseadas no público que mais transaciona na sua loja e como você pode usá-la para vender mais. 

Mas começando pelo começo, e explicando para quem ainda não é parceiro Beblue:

O que é o Portal do Estabelecimento

O Portal do Estabelecimento é a plataforma pela qual nossos parceiros podem consultar informações sobre suas vendas feitas através da máquina Beblue o que inclui:

  • Visão Geral (spoiler: é dela que vamos falar)
  • Informações financeiras
  • Performance do estabelecimento
  • Avaliações dos Clientes
  • Atendentes cadastrados
  • Entre outras.

Portal do Estabelecimento: Visão Geral

Na página de Visão Geral você consegue: 

  • informações sobre o valor bruto das vendas 
  • o volume de transações por dia
  • qual o perfil dos seus clientes de acordo com a frequência e volume de compra 
  • a média de avaliações do seu estabelecimento 
  • e os pontos fortes e fracos reportados pelos consumidores. 

Hoje falaremos do público que mais transaciona de acordo com o gênero.  

Portal do Estabelecimento: usando informações de gênero para vender mais.

Posto de Combustível

Pegamos um exemplo de um parceiro que é dono de um posto de combustíveis.

De acordo com as informações do Portal, de cada 100 clientes, 88 são homens e 12 mulheres. O ticket médio de cada grupo é R$168,58 e R$50,90 respectivamente.

Você deve estar se perguntando: ok, e o que eu faço com essa informação? Ou então: como eu posso vender mais com essa informação?

Vamos então a alguma interpretações sobre os dados:

Como o público é majoritariamente masculino, podemos aumentar o ticket médio com promoções na conveniência que agradem esse público.
Algumas sugestões: ganhe 10% de cashback na cerveja ao abastecer; combos de cerveja +  salgadinho com preço promocional, entre outros. 


Se considerarmos que os homens são decisores no processo de manutenção dos carros, como troca de óleo e pneus, também é válido atrelar uma promoção a isso: a cada R$150,00 em compras ganhe 5% de cashback na troca de óleo.

Olhando para o público feminino, pelo ticket médio, podemos concluir que as mulheres não costumam encher o tanque nos abastecimentos.

Para incentivar o aumento do valor gasto a cada compra feita por elas, podemos fazer ações como: toda quarta-feira as mulheres que encherem o tanque ganham 10% de cashback.
Isso incentiva não só o aumento do ticket médio quanto a proporção de mulheres entre os clientes.

Conjuntamente a isso, você pode oferecer mais serviços que tornem seu posto mais conveniente para mulheres, tendo sempre à disposição alguém para calibrar os pneus, por exemplo. Assim, você fideliza essas mulheres atraídas pelas promoções e elas passarão a frequentar mais seu estabelecimento.

Restaurante

Já esse outro estabelecimento parceiro é um restaurante.

Nele vemos que a proporção de homens e mulheres é bem equilibrada, entretanto a média de gasto por compra inverte, dando ao público feminino o maior ticket médio. 

Já que as mulheres gastam mais neste restaurante e o frequentam menos que os homens, uma ação que chame mais mulheres pode ser uma boa pedida para aumentar o faturamento. Este parceiro poderia fazer uma ação promocional onde todas as mulheres que forem jantar acompanhadas por uma amiga ganhem 10% de cashback.

Isso com certeza aumentaria o número de mulheres que frequentam a casa e consequentemente o faturamento do restaurante.

Já a estratégia para o público masculino pode ser para aumentar o ticket médio, treinando os garçons para oferecer uma cerveja ou vinho que melhor combine com os pratos pedidos por eles, aumentando assim o valor gasto em cada refeição.

Use os dados ao seu favor

Depois de toda essa leitura você deve ter percebido que é possível extrair insights poderosos do Portal do Estabelecimento e como uma boa análise pode te levar a ações assertivas para o aumento do faturamento. 

Lembramos que gênero e idade são apenas duas das diversas informações disponíveis para os parceiros Beblue, e que estas combinadas com as demais trazem um universo de possibilidades para gerir melhor o seu negócio e o relacionamento com os seus clientes.

Seja um Parceiro Beblue você também

Se você ainda não é nosso parceiro, entre em contato conosco!
A lista de interessados para a próxima rodada de parcerias já pode ser preenchida.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *